Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Flying sushi

Vamos encarar a realidade: com tanto restaurante japones com nome bobo (kanji? hiroshi? hideki? zen? aff!), ter um nome engraçado pelo menos diverte a garotada. Bem que o Flying sushi poderia fazer brincadeirinhas com o seu nome hehehe.


Depois de muita pesquisa, para no fim decidirmos ir no Tendai, chegar lá e dar de cara com a porta fechada, resolvemos ir no Flying Sushi que ficava ali na Alameda Jaú mesmo. Sabíamos que não poderíamos esperar por sushis criativos e vistosos, afinal a gente queria mesmo era encher a pança de peixinho feliz sem ter que deixar os famosos olhos da cara no recinto.

Considerando este simples objetivo, os sushis voadores (que infelizmente não vieram voando) arrasaram. Fomos prontamente atendidos e a comida chegou rápido. Não foram preparados com maestria, mas estavam bons. Também não tinha aquela frescurite de limitar os sashimis ou o shimeji. Valeram os R$34,90.


O lugar é bem pequeno e não estava muito cheio mesmo, não sei se é sempre assim ou se demos sor…

Yogen Früz [fechado]

Pode ser uma modinha, mas eu adoro os tais frozen yogurts que pipocaram em todos os cantos da cidade. Afinal eu já gosto muito de iogurte natural, imagine então em forma de sorvete e com acompanhamentos felizes? (embora eu sempre peça pedacinhos de morango e não consigo mudar muito além disso hehe)

Nunca me importei em pagar os R$ 8,00 que geralmente cobram por um pote pequeno e um topping até ver esta pesquisa que fizeram sobre o quanto os frozen yogurts realmente eram yogurts. Puxa vida, justamente o que tem perto de onde eu trabalho nem iogurte tem! Que mancada!

Nem preciso dizer que fiquei encucadíssima para experimentar o Yogen Früz. Aqui em São Paulo só existe uma loja e que fica no Shopping Pátio Paulista. Não pensei duas vezes em ir até lá, já que estava zanzando pela região.
Pedi um pequeno, natural e com pedacinhos de morango para variar. Eles também servem smoothies e batem o iogurte com qualquer fruta - preciso experimentar este último na minha próxima visita.


E não é que …

Receita própria: Banana com Neston

Parece bobo e realmente é: sabe o slogan do (ou da?) Neston que é algo a ver com existirem 1000 maneiras de prepará-lo? Quando eu era criança eu queria experimentar os 1000 jeitos e às vezes apelava para conseguir mais receitas diferentes: por exemplo, ter açúcar em uma e não ter geravam duas receitas, uhul!  Depois passei muito tempo sem querer ver uma lata de Neston na minha frente (sim, eu sei que agora não é mais lata mas *velhinha mode on* na minha época era *velhinha mode off*) porque eu tenho essa mania de gostar de algo e comer até enjoar. Há pouco tempo voltei a misturar esses floquinhos felizes em uma coisa ou outra, mas com moderação. 
Gostaria de dividir com vocês receitas mais legais mas cozinho tão bem quanto sei voar. Então é o que temos para hoje: Banana com Neston! \o/

Porção: 1 pratinho cheio para uma pessoa Nível de dificuldade: besta de tão fácil que é
Ingredientes: 1 banana (pode ser de qualquer tipo) 2 colheres de sobremesa de neston 1 colher de sobremesa de açúcar o…

America: os hamburgueres

Há muitos anos que eu não entrava em um restaurante do America (opa, denunciei minha validade) porque minhas duas experiências anteriores não tinham sido aquela coisa. Talvez eu não estivesse no lugar certo, na hora certa, pedindo a comida certa, então eu achava que o lugar tinha muita frescura para pouco serviço: aquele ar enjoadinho dos atendentes e dos outros clientes, comida normal e preço nas alturas.  Mas li em alguns lugares que o America tinha mudado e que os hamburgueres deles eram ótimos. Sem dizer que rolou uma oportunidade natural de ir na unidade do Shopping Eldorado no último sábado à noite.  Por que não dar mais uma chance? 

O lugar ainda continua com o ar sofisticado, mas desta vez achei o ambiente melhor. Havia muitas famílias à nossa volta (incluindo uma garotinha na mesa ao lado que milagrosamente foi com a minha cara) e os garçons eram muito eficientes. O pessoal da cozinha também estava de parabéns por terem preparado nossos pedidos tão bem e tão rápido!

De entra…

As trufas da Brasil Cacau

Uma coisa muito comum que acontecerá por aqui serão ações de merchandising gratuitas (portanto empresas, se quiserem pagar por isso eu agradeço e juro que faço um post com mais linhas!). Eu experimento alguma coisa, gosto ou não gosto e escrevo um post, simples assim.

Para começar a aquecer este blog, quero recomendar as trufas da Brasil Cacau. Além de serem muito gostosas, custam 99 centavos! O sabor é mais característico, bem como a textura. E não tem aquela sensação esquisita que eu tenho com as trufas da Cacau Show: inicialmente todas são iguais e só depois injetam os sabores diferentes, que nem sempre dão certo. Isso explica porque um amigo meu acha que todas são iguais.


Infelizmente ainda não existem muitas lojas espalhadas por aí. Por isso é altamente recomendável que você cheque no site qual é a loja mais próxima da sua casa, trabalho ou escola antes de sair andando sem destino por aí: http://www.temporadadatrufa.com.br.

Bem vindos ao #vaigordinha!

Depois de escrever muitos reviews (ou textos cheios de opiniões muito pessoais) sobre lugares para comer, resolvi dedicar um blog só sobre o que nos mantém vivos e felizes: COMIDA! Não só vou continuar escrevendo sobre lugares e comidas legais que conheci como também falarei sobre outros aspectos relacionados, como receitas, notícias, vídeos e por aí vai.

Eventualmente ressuscitarei alguns textos e atualizarei outros, afinal (ainda) não ganhei na mega sena para experimentar um rodízio de sushi por fim de semana.
Tenham paciência que isso aqui vai ficar bacana!

Enquanto isso, babem com esta foto da lasanha da minha mãe, hohoho!