Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Feira da Praça da República: Dona Lourdes

Ainda lembro que a primeira referência que eu ouvi sobre a barraca de doces da Dona Lourdes foi "é a melhor torta de limão que eu já comi na vida". Com uma afirmação tão forte como essa, não demorou muito tempo para experimentar a tal torta, que é muito boa mesmo e não duvido que seja a melhor torta de limão do mundo. Tem um gosto bem forte de limão, mas não é muito azedo, também não é muito doce e tanto o creme quanto o bolo na base são firmes, no ponto certo - o que é muito impressionante, afinal os doces ficam expostos sem a ajuda de nenhum ar condicionado ou geladeira que seja. No máximo isopores e formas com blocões de gelo. Ainda assim, humilha muita doceria frescurenta.

Logo depois da primeira visita, lá estava eu, batendo cartão domingo sim domingo não. Reparem: eu vou nessa feira SÓ para comer esses doces! Acabei pegando amizade com a "tia do doce" e fico por lá quase 1 hora, comendo e colocando o papo em dia. O segredo não é apenas o dom culinário de acer…

Tea Connection 2: a revanche

Minha primeira visita ao Tea Connection não foi aquelas belezinhas. Faltando dois chás que eu estava com vontade de experimentar e atendimento meio distante, deixei de ir lá para ir na concorrência. Não me conformei com essa avaliação e visitei o recinto outras duas vezes para tirar a prova e agora sim o lugar subiu no meu conceito!

O que fez toda a diferença para isso foi descobrir que os chás gelados são mucho melhores que os quentes. Finalmente consegui experimentar o Sweet Vanilla, mas ele era doce demais, chegou a ser enjoativo e no final ficou ainda mais bizarro com aquela mistura de doce e amargo juntos. Os gelados são muito mais gostosos, docinhos e refrescantes, perfeitos para qualquer dia. Meu favorito é o Green Melon, mas o Pink Mama e o Blueberry, que são novos neste cardápio de Primavera, são muito bons também.


Outro detalhe que fez toda a diferença foi o... gelo! Não são meros cubinhos que aguam e esfriam a bebida, mas sim blocos que geralmente possuem consistência e qua…

Novilho de Prata

Há muitos anos não entrava em uma churrascaria, tanto pelo preço quanto por falta de ocasião. Não tem nenhuma que seja acessível por transporte público, porque faz sentido que quem tenha grana tenha carro - exceto o Vento Haragano que custa os meus rins cravejados de rubis e fica lá na Avenida Rebouças. Minha família, que teria como me levar de carro, não se empolga muito em gastar uma grana para boa parte das pessoas não se acabarem de carne. Acreditam que a minha irmã nem curte? Um absurdo.

Felizmente (ou infelizmente, mas vocês não precisam ler mimimis) rolou uma chance e fomos no Novilho de Prata, que já é uma velha conhecida nossa por ter um custo-benefício muito bom. Não é tããão caro assim, ainda mais se Fogo de Chão for um parâmetro, e o lugar é bem bacanudo.

Algumas coisas mudaram desde nossa última visita: o salão continua bem amplo, só que uma parte dele pode ser fechado em um cubo em caso de eventos reservados, muito chique. Quando fomos, estava rolando um aniversário. Mesm…

Pastel da Maria

Pastel de feira não tem erro, todo mundo adora - até porque existem trocentos tipos de recheio diferentes, então algum tem que agradar até a mais chata das criaturas no mundo. Só que a coisa funciona mais ou menos como com as pizzas que pedimos para entregar em casa: compramos sempre no que é mais perto de casa e já tá tudo certo, é gostoso, baratinho e mata a fome.

Mas existem barracas que levam o negócio a sério e não ficam só agradando a clientela local. Elas querem algo mais, como a dominação mundial ou o concurso que a prefeitura faz todo ano para escolher o melhor pastel de feira da cidade. E é neste quesito que o Pastel da Maria já ganhou duas vezes e, mesmo quando não levou, ficou pelo menos no pódio. Não sabia antes de chegar no lugar, mas ela também foi escolhida nos últimos dois anos pela Veja.


Infelizmente as feiras que a Maria frequenta não são próximas de casa, mas a loja física e fixa sim! Não há muitos lugares disponíveis e é bom evitar os horários de pico porque de re…

Folha de Uva

Estou com uma quantidade alarmante de cupons para gastar, o que consequentemente gerará uma série de posts sobre os lugares que fui graças a estes benditos (ou malditos) sites de compra coletiva.
O Folha de Uva foi um dos restaurante que calhou de ter despertado a minha curiosidade e então surgir um cupom mágico, praticamente um convite, para conhecê-lo de vez.


O acordo aqui era 50% de desconto no buffet, sempre é interessante comer muito pela metade do preço. Apesar de uma das regras ser a exigência da  reserva (odeio isso), já não era mais possível fazer uma quando liguei e deixou de ser obrigatória depois: era só esperar uma mesa vagar quando chegássemos lá. Aproximadamente 12:30 e praticamente todas as mesas estavam disponíveis. Que frescurite inútil.

Fomos bem atendidos e não tivemos problemas para utilizar os cupons. As esfihas, kibes e kaftas precisavam ser solicitadas e e então servidas na mesa, enquanto o resto estava disponível a la self service. Não havia muita variedade, a…

General Prime Burger

Como já faz um tempinho que eu não escrevo sobre esta maravilha entope-veias chamado hamburguer, o post da vez será sobre um lugar que já foi por um tempo (na verdade pouco tempo) o meu favorito, o General Prime Burger. Quer dizer, eu ainda gosto muito de lá, o problema é que descobri outros lugares igualmente bons ou até melhores. Isso não significa que eu o esqueci!


A unidade escolhida foi a do Shopping Market Place, graças aos benefícios do funcionamento da linha amarela do metrô, uhul! Também foi lá minha primeira visita à franquia, nem lembro a quantos anos atrás. A decoração continua muito bonita, dá gosto perder algumas horas lá, enquanto o atendimento continua a mesma coisa sem sal de sempre. Pelo menos funcionam bem e nunca tivemos maiores problemas.


Pedimos de entrada as batatas bravas, que são cubinhos de batata em molho levemente apimentado, pois de outra maneira eu não conseguiria comer, hehe. Na verdade este nível de pimenta me incomoda um pouco, mas acho gostosinho mesm…