Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Pizzaria Monte Verde

Em um lado meio obscuro da Juscelino Kubitschek (obviamente googlei, copiei e colei esse nome aqui), fica a Pizzaria Monte Verde, que jamais seria encontrada se não fosse pelo cupom! A rua é realmente escura, um tanto quanto deserta e deu medinho. Ainda bem que ele passou assim que entrei no restaurante.


O salão é bem amplo, muitas mesas redondas (gosto muito disso, cabe mais gente e você pode conversar confortavelmente), consequentemente muitas famílias, muitos garçons e muitas pizzas. Infelizmente não há esquema de rodízio.


As pizzas são boas, há muita variedade no cardápio, a massa é excelente, fina e com vida - um pouquinho mais e teria uma crocância legal. Apesar de termos pedidos recheios ótimos (alcachofra, cogumelos, presunto parma e uma outra que não experimentei), eles não vieram em quantidade e apresentação generosa o suficiente para impressionar. Claro que não é aquela pizzaria de bairro mais perto da sua casa, mas seria pra lá de decepcionante se eu tivesse pago o valor i…

Degustação Kibon

Passando sem grandes pretensões pelo Shopping Eldorado, eis que dou logo de cara com uma fila gigante. Estavam dando alguma coisa de graça, o que mais isso poderia significar? Não demorou muito para avistar uma kombi rosa discreta da Kibon e então fazer parte da fila também, hehe.


Para melhorar era uma degustação de um sorvete que eu queria mesmo experimentar mas não tinha encontrado na última vez que fui ao mercado: a nova linha de sorvetes de iogurte Yogo. Escolhi o com frutas vermelhas porque este é um dos termos que eu não resisto, assim como limão siciliano ou alho.


Na primeira colheirada a primeira lembrança que me veio foi... queijo! Não sei como ou porquê! Depois o sorvete ficou com gosto de iogurte mesmo - dos mais levinhos, nada tão legal quantos os yogowhatevers dos shoppings. Dependendo do preço e da ocasião, vale um prejuizinho.

Julice Boulangère

Eu me apaixonei pelo Julice Boulangère (ou Julice Boujujubas como eu geralmente falo) quando eu soube que o lugar existia. Foi amor à primeira vista e só gamei ainda mais quando finalmente fui conhecer o recinto.


É um lugar adorável, gostoso de passar horas sem perceber, pequeno porém aconchegante. Algumas árvores ao redor, um bom café da manhã e você se esquece completamente que está no tão movimentado Pinheiros. Há dois ambientes: este onde você perde a noção da realidade e outro onde os pães - feitos com produtos de primeira, alguns bem saudáveis e todos derivados de um processo de fermentação natural - são vendidos.


Pedimos o Kit 1, que consistia em uma cesta de 3 pães (escolhemos o bolinha, de linhaça e o brioche integral); manteira; 2 sabores de geleia (frutas vermelhas e vinho); suco de laranja e uma bebida quente média (no caso capuccino). Para completar a festa, mais um capuccino pequeno e uma porção de frios, com queijo branco e mortadela italiana. Acreditem se quiser, mas t…

Lamen Kazu no Espaço Kazu

A gente ouve tanto sobre o Lamen Kazu que meus irmãos estavam para lá de curiosos para conhecer o recinto. Ouvimos muita coisa boa, inclusive que seria o mais próximo de um lamen true que poderíamos encontrar por aqui. Infelizmente esta informação não se confirmou, mas a visita foi interessante mesmo assim!

Tentamos chegar no começo do horário da janta, pois já sabíamos que o restaurante é pequeno e que um lugar é disputado à tapas. Sim, já tinha fila de espera! Para nossa surpresa, quando dissemos que estávamos em 7 pessoas, o rapaz que cuidava da fila nos indicou uma mesa no Espaço Kazu, que tinha muito mais espaço (rá, sacou?) e que os lamens seriam levados até lá. Como são dois estabelecimentos distintos e do mesmo grupo, este esquema era possível mas a conta tinha que ser fechada no lado Lamen. Foi um pouco confuso, mas o moço foi bem simpático e deu tudo certo.


Nossos lamens chegaram no outro endereço (que fica na mesma rua, só um pouco mais a frente) um pouco depois que nos sen…

A comida da Ludus

Não sei se vocês sabem, mas a Ludus é um lugar muito, mas muito legal mesmo. Além de ter muitos jogos de tabuleiro disponíveis, inclusive muitos importados, com monitores que explicam cada um deles; o cardápio da casa é de matar.  A surpresa se deve em parte por não se esperar um cuidado tão grande com um aspecto que não é o principal da casa, mas acertaram em cheio com essa preocupação porque enquanto se joga com certeza alguém vai pedir algo para comer em algum momento.


Começamos a muitos anos atrás pedindo os lanches, que não são nem um pouco miserentos e muito bem feitos. Depois que descobrimos o esquema feliz do almoço de domingo (não se paga couvert lúdico, que é uma taxa que todo mundo paga para jogar, das 11:00 às 16:00 desde que cada um peça algum prato), só pedimos entradas e pratos menores para que cada um tenha pedido uma comida e todo mundo experimenta tudo!


E que entradas. A que mais gosto com certeza é o Hey that's my chicken, que são anéis de frango empanados e fr…

Ganhei um ovo da Vila Chocolat aeee!

Dá para acreditar que eu finalmente ganhei um sorteio?!?! Nem eu acreditei no começo, reli o twit algumas vezes, depois recebi uma DM e era mesmo de verdade! Ganhei um ovo de páscoa sen-sa-cio-nal da Vila Chocolat, aeaeaeaeeeee!!! \o/


Infelizmente só pude passar na loja no último dia, na véspera de Páscoa, e não consegui aprontar o post a tempo. Chegando na loja, esperei um pouquinho porque estavam recheando meu ovo, mas valeu à pena, ele era lindo! E ainda conheci a super simpática chocolatier Valéria Mattos. Tiramos até uma foto, mas como o meu rosto é muito gordo, dei uma retocadinha de leve no Photoshop.


Já meu prêmio é um ovo com a casca de chocolate belga e recheada con creme de champagne. Não preciso dizer que o chocolate é tudibom, muito gostoso. Já o creme é um pouco alcoolico para o meu gosto, porém nada que me impedisse de comê-lo. Ainda há bombonzinhos de chocolate sortidos, muitos deles aliás.


Adorei, fiquei muito feliz e espero que a sorte bata à minha porta mais vezes,…

Jaber rosa [fechado]

Quando vi a o oferta do Jaber em um site de compras coletivas, nem terminei de ler e já estava comprando! Apesar de ser em uma unidade nova, era Jaber e não tinha como dar errado. Para mim realmente não deu, mas desta vez fui com a minha irmã e ela fez algumas ressalvas. Obviamente ela entende muito mais de comida que eu, até porque a observa antes de comer, hehe.

Chegamos no começo do horário de almoço no sábado e nós éramos os únicos clientes da casa. A situação não mudou muito até nossa saída, havia só um casal a mais. Não tivemos problemas com atendimento, embora a falta de movimento tenha feito com que as atendentes prestassem atenção demais em nós e às vezes isso chegava a incomodar. Quer dizer, isso se você for do tipo invocado como nós somos.


Caso você tenha comprado este voucher, aqui vai uma dica de ouro: não devore as esfihas logo de cara. Sei que é o mais lógico, afinal elas já estão prontas, e é difícil resisti-las, mas o prato não demora mais que 15 minutos para chegar à…

Mr. Mill's

É difícil achar o lugar, apesar de ser bem pertinho do metrô Paraíso. A fachada não tem nada a ver com o lugar e nem dá para imaginar que existe tanto espaço interno! O Mr. Mill's é bem característico pelo ambiente de primeira e seus garçons experientes. Tanto que quando a bisnaga do molho da casa explodiu (sim, é isso mesmo o que você leu) na mão e na roupa do meu amigo, o nosso garçom nem levantou a sobrancelha e só comentou "ah, explodiu ne?". Super normal!


As emoções param por aí. Pedimos por obrigatoriedade do cupom o Cheese picanha, que vem com um número respeitoso de acompanhamentos e tive até que pedir para retirar alguns. Talvez tenha sido por isso que o meu tivesse tanto queijo, para compensar o que estava faltando. Apesar de gostar muito, achei exagerado, atrapalhava no sabor e escondeu completamente a carne na foto, haha. Para piorar, esta estava bem discretinha, não encontrei nada de especial ali.

Fechando o jantar sem louvor, o mousse de chocolate enjoativa…

Faire la bombe patisserie

O peixe feliz do Espírito Capixaba havia ocupado todo meu espaço interno, mas estávamos muito perto do La bombe (chamo assim, muito mais fácil) e eu estava morrendo de curiosidade para saber como eram as bombas do lugar que era especializado em fazer e vender só bombas!


Já adianto que o lugar é pequeno. Mesmo assim não economizaram no número de atendentes, que nunca deixam algum cliente na mão. Apesar de não haver muitas mesas disponíveis, tem muita gente que vai lá e compra para levar para viagem - a maioria dos clientes por sinal.  Em uma lousa acima do balcão, todas as opções de bomba da casa, e do lado a cozinha exposta. Um lugar sempre ganha muitos pontos quando tem tanto orgulho assim de sua cozinha!


Infelizmente tivemos que pedir tamanhos pequenos e não conseguimos experimentar muito. Só posso dizer que a clássica (recheada de creme e coberta com chocolate amargo) é tudibom-nessa-vida-difícil-de-meu-deus. Escolha certa, sem medo de ser feliz. Massa fofa, não muito úmida; creme …

Espírito Capixaba [fechado]

Ultimamente tenho comprado cupons com mais critério (além do conhecido "comida mais barata, uhul!"), arriscando muito pouco e tentando me controlar. Afinal se eu não fizer algo a respeito serei internada. O voucher para o Espírito Capixaba ainda foi comprado um pouco por impulso, até porque eu tinha créditos no site depois que um dos lugares que eu ia fechou. E foi um dos raros casos em que a expectativa quase não existia e o lugar me surpreendeu horrores!


Localização ótima, recinto bem discreto e decorado "à carater". Não há muitas mesas, por isso uma das regras do cupom era a reserva. Mesmo assim é ótimo para grandes grupos, principalmente se for famílias (era o que mais tinha quando fui!). As mesas são facilmente agrupáveis e os pratos são pra lá de bem servidos. O atendimento também é muito bom e a comida chegou bem rápido.


Como eu estava com muita fome porque chegamos no final do horário do almoço, não resisti e pedi uma porção de batatas fritas, de bom tamanh…