Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Waffles + marshmallows

Não sei se já escrevi por aqui (devo ter escrito, mas também não é todo mundo que tem a santa paciência de ler todos os meus posts), mas a minha irmã é especialista em encontrar produtos novos e felizes no mercado, principalmente quando se trata de comidinhas.


Já faz um tempinho que ela comprou esses waffles do Forno de Minas e, por serem congelados, são ótimos e muito práticos de serem feitos. o que achamos mágico é que eles podem ser preparados na torradeira! Ficaram ótimos com nutella e morango, hehe.


No mesmo dia esquentamos marshmallows em um fogareirinho de panela de fondue e fizemos algumas versões com os 3 elementos. Que combinação! *-*


Só para constar, (infelizmente) não recebi um centavo da Forno de Minas por este post e nem recebi o produto para degustar de graça. No dia que isso acontecer (além de ficar muito feliz) eu aviso antes!

Trattoria do Pietro

Consegui zerar os meus cupons (por enquanto)! Depois de duas semanas de uso desesperado de vouchers que estavam vencendo quase ao mesmo tempo, a jornada terminou com uma visita à Trattoria do Pietro (não confundir com a Cantina do Piero, heh). Apesar do cupom dizer que era necessário fazer reserva, informaram-me que era só chegar e usar quando liguei.


Ambiente é super normal, com uma decoração um pouco antiga e, mesmo parecendo que os garçons corriam de um lado para o outro, ficamos um tempo considerável esquecidos no canto. Por um lado isso foi bom porque enrolamos muito depois da refeição e ninguém nos incomodou também, hehe. Pelo menos eles apareciam quando solicitados e os pedidos chegaram rapidinho. Pela primeira vez, os sucos tinham um custo benefício muito bom, até se fosse com 2 frutas.


O papelzinho nos dava 2 entradas e 1 massa que servia duas pessoas. O couvert também não tinha nada de mais: pães italianos com azeitonas, berinjelas, sardela (que não era das mais legais) e ma…

Tentativa de frozen yogurt 2

(Perdi o primeiro post e tive que esperar algumas semanas para me recuperar do choque e reescrevê-lo novamente. Nota mental: nunca tente publicar um post que está nos seus rascunhos via celular!)

Já testamos uma receita do Jamie Oliver via Jovem Nerd (que ainda não foi publicado porque estou com preguiça de editar o material), vimos outro video dele no youtube (que obviamente eu não encontro de novo para colocar aqui), parecia fácil e então compramos os ingredientes para testar uma sobremesa feliz: um tipo de frozen yogurt de frutas vermelhas. Claro que não deu muito certo!


Porção: um pirex, não sei quantas bolas isso dá
Nível de dificuldade: fácil, mas sabem como é...

Ingredientes:
1 pacote de frutas vermelhas congeladas (alguém já viu isso por aqui?)1 copo de iogurte1 folha (ou menos!) de menta3 ou 4 colheres de melModo de Preparo oficial:  
Bata as frutas vermelhas, o iogurte e a menta no processador de alimentos de qualidade. Deixe no freezer por meia hora e sirva em um copinho bonito…

Restaurant Week: Monet

Sei que o Restaurant Week foi há um tempão e que eu deveria ter experimentado mais lugares. É que passei por uns problemichas bem nessa época e aí deu no que deu: só tenho este post a respeito e ainda por cima atrasado, hehe. Confesso que estava tão desanimada que nem pesquisei muito, só olhei os cardápios de lugares que queria ter ido nos anos anteriores e desta vez o Monet, ou Casinha de Monet, foi o escolhido.

Desculpinhas à parte, vamos falar sobre o lugar, não é mesmo? Há um número considerável de mesas, divididas em dois andares. Pude escolher quando cheguei e fiquei no de cima, perto da janela, hehe. O atendimento não é dos melhores, muito confuso e com um claro problema de comunicação: nos tiraram os cardápios antes de fazermos o pedido e todos os cursos vieram errados. Isso porque em cada um só havia duas opções! Pelo menos não fomos tratados mal, isso sim me tira do sério.

Comecei com o Ratatouille (por causa do filme? Nem pensei nisso!) que seria bom se não estivesse frio. …

Opakee Belgian Waffles [fechado]

Saindo do Santa Gula, fomos no Opakee BelgianWaffles porque meu amigo que não tinha cupom ainda estava com fome, haha. Como não há muitas mesas, esta foi a nossa segunda tentativa porque na primeira tinha gente demais para a nossa paciência. Há um aviso dizendo que em breve eles se mudarão, mas perguntando pro pessoal descobri que eles ainda nem encontraram a nova casa ainda! 

O cardápio é sucinto e direto: um papelzinho em cima da mesa com as opções disponíveis, bebidas e seus preços. Pagando, pode-se colocar tudo o que você quiser no seu waffle feliz. Aliás, bota feliz nisso! A massa é bem levinha, muito mais do que eu poderia sonhar. Fofinha, ótima, ficou uma maravilha com a cobertura de chocolate belga (que acho que era só chocolate amargo derretido, o que não deixa de ser ótimo) com morangos.


Olhando na mesa ao lado (porque eu sou gorda) vi que pedir uma bola de sorvete de creme seria uma ótima opção: ela é sem miséria e cobria quase um quadrado inteiro do waffle. Meu amigo ped…

Santa Gula

Escondido depois de um corredor cheio de plantas e com decoração rústica, fui no Santa Gula gastar um cupom que dava direito a uma entrada, um prato principal e uma sobremesa - segundo opções pré determinadas. Acho muito chato essa obrigação de levar o cupom impresso sendo que eles possuem códigos que podem ser visualizados e validados. Se o problema é código de barras, é possível lê-la em uma tela de celular. Pior ainda quando o impresso havia um propósito (as opções de pratos) mas tinha que ser entregue logo na chegada!
Ok, eles tinham uma página no cardápio com as opções dos cupons, mas faltava uma ou outra que justamente havia desperado a minha curiosidade. Ainda bem que fiz a lição de casa e minha memória funciona bem para comida, hoho.


Fui bem atendida e me incomodei mais com o excesso de desculpas quando um deslize era cometido que com o deslize em si, haha! A comida demorou um pouco para chegar e a conta mais ainda, mas nada como no Per Paolo. Só deixo este toque para o pesso…

Saj

Fiquei estufada o dia todo depois do almoço na Cantina Gigio e, como estávamos na Vila Madalena fazendo hora e tomando o lindo Ilha de Java no Ó-chá, resolvemos jantar no Saj porque lá teríamos a opção de pedir algumas esfihazinhas, só para dizer que jantamos e tal. Quanta inocência!


O lugar é bacana, o atendimento é sensacional (o host nos sugeriu uma mesa nos fundos para que pudéssemos assistir os pães sendo feitos) e a comida é pra lá de boa. Não nos contemos e pedimos um trio de pastas (babaganouch, coalhada seca e homus) com pãezinhos para começar. Não gostei muito do babaganouch porque é feito com berinjelas, mas os outros dois estavam ótimos. Perde por muito, muito, muito pouco pros do Arábia. A porção é bem farta e eu poderia ter parado por aí se eu não tivesse olhos de gordinha, heh.


Comi duas esfihas de prato principal, uma folhada e outra normal, de carne e carne com coalhada (que ideia sensacional, parabéns para quem finalmente juntou essas duas coisas tão lindas!). Não te…

Cantina Gigio

Depois de ler muitas indicações e tê-las realmente levadas a sério por sempre ver a fila de espera (sempre tem coisa boa no final de uma, não é mesmo?), finalmente fui conhecer a Cantina do Gigio. Por sinal a fila era muito bem organizada e não tive que esperar muito tempo para conseguir uma mesa. Um único detalhe que para mim não é muito vantajoso é que todas as pessoas precisam estar presentes - mas considerando que a maioria da clientela vai em família, faz todo sentido.


Aceitamos o couvert, embora só nos tenham informado o valor quando questionamos, e a sardela era muito boa! Pelo menos para o meu gosto, já que eu não curto muito quando vem sardinha demais. Pedimos nossos pratos e eles chegaram bem rápido! Aviso importantíssimo: não se assuste com os valores do cardápio porque eles são para porções inteiras e cavalares. Como queríamos experimentar várias coisas, pedimos 3 meias porções e cada uma alimentaria duas pessoas tranquilamente.


Comecei com o fettuccine ao molho limone (po…

39ª Festa de San Gennaro

Incluí mais uma festa no meu calendário feliz de eventos com comidinha boa e barata: a Festa de San Gennaro, na Mooca, que assim como a Achiropita e a São Vito, é organizada pelo pessoal da igreja de mesmo nome, arrecadando fundos para obras sociais enquanto engorda os outros com comida italiana feliz.

As redondezas não são das mais bonitas, é um pouco complicado chegar de transporte público (ainda bem que sempre tive carona!) mas pelo menos tem bastante variedade e, pelo menos nas duas vezes que fui, havia policiamento. Também não lota tanto quanto a Achiropita: é do tipo que enche mas você ainda consegue respirar e ver seus pés. Apesar de não gostar do sistema de fichas, neste caso achei válido porque aceitam cartão de crédito e débito (que lindo!) e há várias faixas próximas aos caixas informando os preços de todos os itens vendidos, o que permite um certo planejamento - sabe como é, às vezes você acaba comendo mais do que pensava, hehehe. Ah sim, é pouca coisa mais cara que a Ach…