Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Casa da Li [fechado]

Enrolei demais para conhecer a famosa Casa da Li - tanto que este post nem terá muita serventia (a não ser como lembrança) porque a casa como era antes está fechada e, dizem lendas, que reabrirá em outro lugar e em um formato diferente. O jeito é torcer para que tudo continue acolhedor como antes!

A denominação "casa" não poderia ser usada de melhor maneira. Decoração sem frescuras, comidas expostas e honestas e atendimento pra lá de atencioso. Para começar, torradinhas super crocantes com geleia de pimenta. Muito forte para o meu paladar de mocinha, mas a galera curtiu. Depois pedimos bolinhos de pato com molho de tamarindo (obviamente chamou a atenção por causa do Chaves), que eram bem normais.


Foi muito difícil escolher um prato só para experimentar: minha vontade era pedir metade do cardápio. No fim optei pela lasanha à bolonhesa porque os companheiros de gordice pediram porchetta, que eu estava doida para experimentar também! Tudo estava sensacional. Cheios de sabor, de…

Pub Kei

Escondido no Shopping Top Center (nem tanto, acho que eu que nunca reparei mesmo), o Pub Kei é um restaurante japonês com um cardápio bem variado, que vai desde os famosos sushis e sashimis da vida, passa pelos teishokus e vai até os kares. Há dois ambientes, e aparentemente a maior diferença entre um e outro é a temperatura do ar condicionado.

Começamos bem, fomos bem atendidos no começo e como estava quente eu pedi um hiyashi soumen, que é um macarrão fininho, servido em uma tigela com gelos, acompanhamentos felizes e um molho esperto. Não estava ruim mas a porção era bem tímida e sai com espaço disponível no estômago. A versão deste prato do Mugui dá de 10 a zero e ainda é mais barata!


O namorado e a amiga foram de kare, este sim estava mais impressionante. Bem servido, era possível escolher entre carne, frango ou frutos do mar e o kare em si era refil. Disseram que estava ótimo e, pelo preço, era bom que estivesse divino mesmo!


No final ficamos meio esquecidos (afinal o nosso lado…

Hiatari sushi bar

Sem planejamento algum, acabei parando no Hiatari depois de uma frustrante busca por um filtro de linha no Shopping Boulevard Tatuapé. Interessante que há vários restaurantes de comida japonesa nesta região, que parecem ser de rodízio também, e todos com preços mui atrativos.

Quando chegamos era começo do horário de jantar e talvez por isso os primeiros pratinhos tenham chegado tão rápido. O mesmo de sempre: harumakis, gyozas, shimeji na chapa (que infelizmente não tinha nada de mais), missoshiro... a única coisa diferente era um sashimi de salmão que veio temperado como salada (e isso tem um nome específico que não me lembro) e que seria ótimo para mim se não fosse um tantinho apimentado.


O barco de sushi, que marca o auge do rodízio, tinha uma boa variedade e a maioria era feito com salmão e atum, uhul! As fatias de sashimi estavam ótimas e o atum de uma linda coloração vermelho-feliz. Acho que foi a primeira vez que presenciei e participei de uma limpeza geral, não sobrou nenhunzin…

Golden grill e pizza

Ano novo e lugar novo com gordinhamento sem limites, preço bom e selo de super aprovação de mamãe! Ok, eu conheci o lugar ano passado, mas foi muito difícil se recuperar do coma alimentar que sofri nas festas de final de ano somado ao super combo de gordices à parte que tive com o namorado, heh.


No Golden a regra é clara: preço fixo, coma quanto quiser. O salão é gigante, mas não demora muito para encher nos finais de semana. Apesar de ser no esquema self service, há garçons que circulam por causadas bebidas e dos pratos e eles são bem eficientes. Há uma boa variedade de saladas e pratos quentes e não me lembro de ter pego nada que não achasse bom, hohoho.
Ah sim, no jantar o esquema muda e vira rodízio de pizza, nhe!

As carnes são servidas em um balcão: é só escolher qual, o ponto e ser feliz. Posso estar muito ranzinza, mas achei esse esquema ótimo porque não precisa dizer quando você quer carne e dizer sim ou não a cada minuto quando alguém vem oferecer na mesa, como é o caso dos r…