Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

Convivio il gelato

Adooouro essa moda de várias gelaterias e sorveterias de qualidade pipocando por todos os lados da cidade! Sempre me pergunto porque cargas d'água isso demorou tanto para acontecer em um país que faz calor na maior parte do ano. Dependendo do sorvete, dá para tomar até quando não está tão calor assim. Só dá pra recusar mesmo nos dias congelantes que tivemos semana passada, brrrr!

Bem, eu estava de olho na Convivio há um tempinho e não sabia que havia um espaçozinho deles no Shopping Villa Lobos! Fui lá para (tentar) ver um filme e qual foi a minha surpresa ao ver aquelas fotos gigantes de copinhos com algum doce legal quase colado ao Cinemark!


O número de sabores é bom. O ponto negativo é não poder pegar mais de um sabor no pote pequeno (como nos ensinou o Bacio di Latte, caberiam até 3, poxa!), então peguei o médio, mesmo estando meio cheia, porque estava curiosa.


Depois de experimentar alguns, fui de limão siciliano (como não?) e de iogurte com alguma fruta vermelha. O de limão …

Bazar no Templo Budista Honpa Hongwanji

Como sempre gosto muito de eventinhos com comida feliz que arrecadam dinheiro para uma causa boa (ou nem precisa ser tão boa assim, desde que a comida seja), fui no final do mês passado em um bazar no Templo Budista Honpa Hongwanji, que meu cunhado frequenta. Todo ano tem, não com data muito definida, às vezes tem até mais de uma vez, mas nunca sabemos com muita antecedência. E ligar para pedir informações só adianta se você souber falar japonês direito (o que não é o meu caso).


O que mais gosto é do udon, não porque ele seja aquela loucura, quer dizer, para mim até é, hehe. O principal mesmo é o tempero e o jeito caseiro de fazer: e não é para menos porque eles são preparados por várias bachanzinhas voluntárias do templo. Justamente por isso o número é bem limitado e sempre acaba muito rápido. Também há doces, espetinhos, bebidas e outras comidas japonesas mais e menos populares.


Para piorar um pouco, o espaço é bem restrito - e ainda bem que o pessoal é sempre bem educado nas mesas …

16º Festival do Japão

Como é de costume, sempre faço um post anual sobre meus eventos gordinhos favoritos!
Este ano até chegamos relativamente cedo no Festival do Japão, era mais ou menos 11 horas e já estava respeitosamente cheio! O suficiente para pegar uma fila chata em muita coisa que queria comer. No fim perdi tanto tempo e desanimei tanto que nem andei muito para olhar o que tinha em cada barraca. Apenas vi minhas anotações, ia lá, olhava a fila e resolvia se encarava ou não. =/

As gordices deste ano foram:

• Espetinho de shimeji com bacon (de Gifu): um clássico do festival, primeiro item da lista, sempre abre os trabalhos com estilo. E o medo de acabar? hahahahaPreço: R$8 e pagaria o preço que fosse
Lembrete para o próximo ano: puxa, nem precisa, eu já sei! xD
• Suco de maçã (de Aomori): que maravilha, que felicidade, que tudibom! Melhor suco de maçã que já tomei! Aliás bebi bastante pra aproveitar a ocasião, hehe. Só foi um pouco complicado beber suco congelado, mas ao mesmo tempo foi bem emocionante!…

Picheluccio

Às vezes eu vou parar no outro lado da cidade só para ir atrás de uma gordice que alguém me disse que era legal e acho que deixo de ir em muito lugar que é perto de casa. Se não fosse por uma indicação aleatório de um ex-vizinho, jamais chegaria perto do pequeno Picheluccio para saber qualéquera do lugar.

Fachada simples, sem luxo, sem ostentação; porém simpático, organizado e limpinho. O cardápio não é dos mais longos e no almoço ele é mais enxuto ainda. Não tivemos nenhum problema com o atendimento, bem eficaz, sem exageros e sem demora.


Começamos com uma porção de bruschettas. Os tomates inteiros nos obrigaram a comê-las com garfo e faca e estavam ok. Gostei muito do pão torrado e não molhado!


Pedimos basicamente massas com grelhados. Era possível trocar a carne por alguma das 3 saladas do cardápio e fizemos isso com o prato de mamãe. Rúcula com tomate seco e mussarela (ainda acho escrever muçarela muito estranho) é uma combinação natureba que eu curto muito. Junto vinha um molho p…

La Sangucheria

Sabe aquele momento que você tá num bairro em que normalmente não passa muito tempo, e precisa achar um lugar pra comer, que pareça legal? Foi assim que eu encontrei o La Sangucheria. Dei uma pesquisada por lugares próximos no Foursquare e o lugar pareceu legal – e melhor ainda, tinha uma promoção de “sobremesa grátis” para seu primeiro check-in na casa. Pensei “Olha só, já economizo na sobremesa”. O fato é que economizei no geral, e comemos mais do que felizes (estava com a namorada, hihihi).
La Sangucheria é um restaurante peruano, mas não é bem um restaurante, é mais uma sanduicheria (isso existe?) peruana. O lugar é pequeno e aconchegante, com umas músicas peruanas tocando – mas nada daquelas flautinhas chatas, ufa! – e a decoração não é bizarra, é bem agradável. O atendimento foi mais que excelente, os garçons eram muito solícitos, e a comida vinha muito rápido. Achei graça que tudo é servido em umas assadeiras bem rústicas e as bebidas vêm naqueles copinhos americanos tipo boteco…

Podia ser pior - O piloto

Finalmente ficou pronto o piloto do Podia ser pior, uhul!
Participei deste video como "produtora" e obviamente tive uma contribuição muito grande com o resultado, haha.
Estes videos são puramente for fun e sem periodicidade, então aproveitem enquanto tem!