Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Sanduweek: Big Kahuna Burger

Seguindo a linha do "não lembro do nome do lugar e improviso", vivo chamando o recinto de Big Hakuna Matata. Sei que os fãs de Tarantino vão querer me matar por essa, só que eu prefiro esse nome, hehehe. Big Kahuna é o nome de uma lanchonete que aparece em Pulp Fiction (que não consegui assistir inteiro, me julguem) e a decoração do lugar é cheia de posteres de outros filmes do cara. Em uma TV estava inclusive passando o tal filme. E não assisti de novo porque meu foco era outro!


Fui para experimentar o lanche free style do Sanduweek, o Django, que era frango marinado em iogurte, recheado de catupiry e empanado, com tomate caqui, alface e maionese de mostarda num pão daqueles que tenta imitar o do Outback. Estava muito bom por demais! Não senti nenhuma diferença da marinação (existe essa palavra?) em iogurte, poderia ter mais catupiry e o pão estava meio seco, não integrava muito com o resto. Era alto e não tinha nem como comer com garfo e faca direito, teve que ser na base …

Sanduweek - Deliqatê

Primeira parada para o Sanduweek 2014! O Deliqatê é um lugar bem bonito, ambiente iluminadão, decoração simples e bem aconchegante. Cheguei um pouco cedo e dei a sorte de escolher que lugar ficaria; foi só chegar o meio-dia que o lugar encheu! Também fui bem atendida e acho que teve um pouco de excesso de "precisa de mais alguma coisa?". Ou foi impressão minha porque eu sou um pouco invocada.


Os sucos são, na maioria, naturais e até existe a opção de pedir um (ick) suco verde. Pedi um de maçã que estava bem bom, só não curti muito o preço. Se bem que é tão difícil ver suco de maçã natural por aí...

Não curti muito a opção street food deles e tinha certeza que qualquer uma das outras duas me faria feliz. Escolhi o siri ao creme de limão siciliano com palmito grelhado, salsa de tomate e baby verde na focaccia da casa porque meu parceiro de gordice escolheu a primeira opção, que era fraldinha marinada no misso com baby espinafre ao shoyu e gergelim, tomates frescos no pão ciaba…

Mondelí

Havia ido ao Shopping Eldorado (para variar) sem nenhuma intenção de gordinhar quando encontramos um quiosque novo perto de uma loja que estávamos, no primeiro subsolo. Nunca havia ouvido falar na Mondelí e nesse formato novo de servir churrinhos e crepinhos no copo.


Não sei se vai decolar, se é porque churro está na moda que pode passar, mas achei a ideia boa. Escolhe-se o tamanho do pote, o número de acompanhamentos relativos correspondente e seja feliz.
Desconfiada, pedi um pequeno, que vinha 4 churrinhos e 2 toppings, que foram o fondue de chocolate belga ao leite e chips de chocolate amargo (queria amêndoas mas estavam sem, mimimi). Muuuito bom! O chocolate era sem miséria e os churros eram assados, acabando com o risco de ficar com oleoso, e bem fofos. Pena que um dos meus estava meio duro, sugeriram me dar mais um no lugar, mas não aceitei porque não consigo reagir direito quando as pessoas são muito gentis comigo. E era um caso bem isolado porque os da minha sobrinha estavam t…

Fisherman's table

Mais um que estava na lista há um tempão e eu fui conhecer cheia de expectativa (e com uma reserva básica no Grubster que ajudou muito a melhorar a conta). Dos mesmos criadores do Butcher's Market (que mania de colocar nome meio estranho ne?), o Fisherman's Table fica bem pertinho deste só que com uma pegada bem diferente: comida asiática misturada e modernada.


A decoração também não é convencional e é bem mais agradável que a do Butcher's. O atendimento foi muito bom, bem simpático, os pratos demoraram um pouco para ficarem prontos mas nunca nos deixaram sem alguma satisfação. Inclusive foram relativamente solícitos com o problema que eu tive com o meu prato (que vou contar daqui a pouquinho).


Começamos com duas entradas (o que não é recomendável para a boa saúde da conta, o problema é resistir): o Crispy rice, que é arroz crocante apimentado, que não me permitiu distinguir o que mais tinha ali. O nível de pimenta era baixo para pessoas normais, só que eu sou uma criança…

Butcher's Market - 2ª edição

Coloquei como legenda em uma foto postada na página do Facebook, mas agora pensando melhor vale uma menção rápida aqui no blog para atualizar a minha opinião! Almocei no Butcher's Market e pedi o meu pedido de sempre: o Mushroom Burger. Tive a impressão que antes vinha mais cogumelo, mas a quantidade que tinha estava boa ainda.

O que não me agradou muito foi a carne. O atendente nos disse que o ponto da casa era mais puxado para o mal passado e mesmo o bem passado ainda teria um rosinha no meio. Por mim estaria ótimo! Mas o meu veio tão, mas tão bem passado que a carne estava se desfazendo a cada mordida, bem seca mesmo.

E não tem mais salada, só dois picles cruzados. E o ketchup caseiro estava mais apimentado. E não existe mais Chilli Burger no cardápio (eu não curto, mas um amigo meu escolheu ir lá só por causa dele! no fim pediu um cheeseburger normal com adicional de chilli). E o atendimento foi tão informal que até fiquei incomodada ("ele disse 'puta, cara'?&quo…

Jasmim Rosa

Que nome fofo! E o lugar, apesar de ser meio apertado, também é feliz, bem com cara de menininha, sabem? Menu mais leve, com frescurinhas, bebidas doces e sobremesas. Todas as atendentes são mulheres e não tive problemas com elas - exceto por uma que insistia em me chamar de "flor". Isso pra mim é praticamente um xingamento!


Almocei por lá duas vezes: na primeira pedi um sanduíche que parecia ser bem interessante e fui informada que ele não poderia ser feito porque faltavam alguns ingredientes (pééé); então escolhi uma panqueca de queijo com frango e arroz integral (estou nessa onda para diminuir o triglicérides). Fiquei na dúvida se isso seria suficiente e no fim terminei cheia! Estava muito bom, a massa era bem levinha e o molho de tomate era natural (hoje em dia isso é um detalhe muito importante!). Ah sim, todo pedido de prato acompanha um potinho de salada que infelizmente é de alface americana que eu não gosto. =/


Na segunda resolvi topar o prato do dia, que era arroz …

La Sanguchería - 2ª edição

Precisávamos fazer uma horinha até a hora da consulta médica da minha irmã e encontramos a La Sangucheria bem pertinho de onde estávamos! E bem vazio porque era no meio da tarde (ainda bem que porque há poucos lugares), fomos bem atendidos e responderam direitinho as nossas dúvidas.


Havia uns sanduíches bem interessantes descritos no cardápio mas eu não tinha espaço livre o suficiente para nenhum deles. Só pedi um ice tea da casa, que na verdade é um mate com um tiquinho de gengibre (acho, minha memória mandou um beijo) e lavanda, praticamente imperceptível. Bem refrescante, pena que o gelo estava no copo e não deu conta da garrafinha inteira (era um desses dias de calor infernal).


Pedi também uma empanada de carne, que estava boa, só que a massa era meio esfarelenta demais. O recheio estava bom... acho que o problema mesmo é que eu prefiro o da feirinha da Praça da República. Talvez seja alguma diferença por serem empanadas com países de inspiração diferentes, não sei. Não sou nada e…