Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Three Broomsticks Restaurant

Nossa visita ao parque Islands of Adventure, da Universal, foi basicamente ficar na área temática do Harry Potter, que seria uma réplica da fictícia Hogsmeade (quando fomos ainda não haviam inaugurado o Beco Diagonal no outro parque, nhe). É muito bacana, tem muita coisa legal, e uma delas foi ter almoçado no Three Broomsticks (ou Três Vassouras). Claro, também ambientado e com a pretensão de parecer como no filme (só que com mais gente e menos magia xD).


Enquanto estávamos na fila (que é grandinha, mas anda bem e sempre tem lugar para sentar) uma senhorinha nos ofereceu um cartão de Dining plan (Quick Service) que no começo achei que seria uma furada e no fim até que saímos no lucrinho. O esquema é comprá-lo por 20 dólares e ter direito a qualquer prato do menu deles com uma bebida normal e depois ainda ter créditos para comprar outra bebida e um snack no parque.


Pedi o clássico Fish and chips, que é (qualquer) peixe branco empanado e frito com batatas fritas. Simples, gostosinho, p…

Tokyo Dining

Nosso segundo almoço (hehe) no Epcot foi no Tokyo Dining, que fica na parte do Japão (wow! xD) em cima da super loja de coisinhas legais e importadas. Existe ainda outro restaurante na mesma área, a diferença é no cardápio e é bom passar em um quiosque antes com os menus disponíveis e informações sobre reserva e lotações.


O salão é bem bonito e as pessoas que nos atenderam eram japoneses mesmo (pelo menos os que vimos o crachá, que sempre tem o nome e a cidade de onde a pessoa veio). Minha irmã não estava com o inglês muito afiado e falou em japonês com uma delas. Coincidência ou não, ganhamos sorvetes de chá verde de sobremesa, uhul! (e estavam muito bons, com bastante gosto do chá mesmo)


Pedimos bebidas lindas e peixinhos: eu fui de Tuna tataki (fatias de atum levemente seladas) e o noivo de Sashimi sampler. Para minha surpresa, os peixes eram bem frescos e muito bons. O corte estava bom, ainda mais porque as nossas expectativas não eram tão altas assim.


Não faz muito o gênero de q…

Les Chefs de France

O que dizem por aí é verdade: o Epcot é o melhor parque para se comer na Disney. Isso porque há uma (gigante) área chamada World Showcase com vários países representados em réplicas de construções típicas, atrações, lojas e... comida!

O primeiro que conhecemos foi o da França, Les Chefs de France (rá, rá). Entrando no lugar o pessoal já te recebe falando uma palavrinha ou outra em francês e o ambiente é bem bonito e confortável. Como estávamos já cansados de dois dias anteriores e malucos de andanças em parques, a minha vontade era de nunca mais sair de lá.


Meu noivo, muito fino, pediu uma tábua de queijos para começar. Não sou lá aquela apreciadora decente de queijos, então não gostei muito do de leite de cabra, do gorgonzola (estava bem forte, não era daqueles normais que estava acostumada!) e do brie (porque sou chata e não gosto da casquinha amarga dele). Por outro lado, havia dois ótimos (que não sei o nome porque não sou uma apreciadora decente de queijos) e difíceis de parar de…

Be our guest

Aviso: post com muitas fotos porque eu pirei com o lugar :) Realizei meu sonho de infância (um pouco tardio, porém melhor que nunca) de conhecer a Disney e, infelizmente, em algum momento do passeio é preciso de alimentar. No geral as opções não são muito boas, a maioria envolve junk food e a comida do hotel que ficamos era terrível... e então, no meio do mar de opções ruins, surge o Be Our Guest, que fica dentro do Magic Kingdom.


Eu já queria conhecê-lo só por saber que seria uma réplica com comida do castelo da Bela e a Fera. É lindo mesmo! Há 3 salões, o central seria onde eles dançaram a musiquinha principal, o outro o quarto da Fera (que é escuro pacas) e o terceiro é aleatório, mas tem os dois dançando no meio e vários quadros com cenas do filme.

Para melhorar foi o primeiro lugar onde encontramos comida de verdade! Graças a um teste que estavam fazendo (e que fomos cobaias de bom grado), conseguimos uma reserva para o almoço e escolhemos nossos pratos online. Quando chegamos, r…

Red Lobster

O intuito de ter saído de casa naquele dia era comprar um presente para a filha de um amigo do noivo que havia acabado de nascer. Resolvemos jantar primeiro no Red Lobster e enrolamos tanto que as lojas do shopping que estava por perto fecharam, hehe.

Ambiente bacana, nosso garçom era super simpático e feliz e tudo veio certinho. O que me incomodou um pouco foi o aquário que estava logo na entrada com as lagostas e suas pinças presas. Elas já vão virar comida, não precisavam ficar expostas e amarradas ali para todo mundo ver, não é mesmo?


Nossa entrada foram (mini) lulas empanadas com vegetais. Isso foi meio decepcionante para um lugar que é especializado em frutos do mar! As lulinhas se perdiam no meio de tanta farinha frita e brócoli. Os dois molhos que vinham junto eram bons e nada apimentados, ufa (sempre fico com receio dos molhos de cor vermelha por medinho de pimenta, hehe). Também havia uns pãezinhos salgados, cortesia da casa, que eram bem bons.

Eu pedi uma sequência econômic…

Hard Rock Cafe

Depois de um dia pra lá de cansativo no parque Island of Adventures da Universal, fomos jantar no Hard Rock Cafe. E não tinha jeito melhor de terminar a noite! A palavra para descrever o lugar é simplesmente FODA. Você vê aqueles letreiros do lado de fora e já começa a ouvir uma música do Judas Priest. Entrando, a decoração é de tirar o fôlego. Vários itens (talvez algumas réplicas?) de astros do rock. Se eu não tivesse tão quebrada teria andado para ver tudo, o lugar é enorme!


No começo do dia, pegamos um papel na entrada que garantia uma mesa quando chegássemos (embora não fosse necessariamente uma reserva) mas acho que nem precisava porque era muita mesa em um lugar só - mesmo com muita gente fazendo o mesmo esquema que a gente. Ficamos em um salãozinho um pouco afastado, bem tranquilo e com um céu feliz pintado no teto, haha. A atendente foi muito simpática com a gente e os pratos chegaram com os garçons anunciando com orgulho os seus nomes; em algumas mesas eles chegavam cantando…