Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Fogo de chão

Este provavelmente vai ser o lugar mais caro (e único) sobre o qual já escrevi por aqui. Há muitos e muitos anos atrás eu fui em um Fogo de Chão e as lembranças que eu tinha eram das melhores possíveis: atendimento excelente, muita comida boa e umas carnes de cair o queixo. Por motivos obviamente monetários, só voltei a pisar em uma unidade este ano - e ainda assim porque fui convidada, weee!
(para esclarecer, era a comemoração da promoção no trabalho de um amigo, não foi nada patrocinado por empresa alguma. Ainda. xD)


A parte do atendimento fora-do-comum-de-tão-bom-que-é continua o mesmo. Inclusive, para mim que sou bem besta, chega a incomodar porque é garçom puxando a cadeira quando você volta pra mesa, colocando a bolsa na cadeira de bebê (e embrulhando-a com uma toalha), vindo perguntar se tá tudo bem, trocando as porções assim que elas esfriam, perguntando se quer mais um suco quando um está acabando... enfim, não estou acostumada com esses cuidados todos. xD


Adorei a parte das …

Pig Nic

Como eu tinha dito no post que fiz sobre a Casa da Li, que fiz quando ela já estava para ser fechada, eu seguiria os passos dela para reencontrar aquela porchetta mágica a qualquer custo. E acabei em um food truck em Pinheiros, em um dia que precisava almoçar algo rapidinho.


Infelizmente ela não está no mesmo formato, só em sanduíche. Os pratos, a sobremesa e o especial mudam dependendo do dia. O preço, à primeira vista, não é dos mais atraentes porém os ingredientes e o atendimento são de qualidade! Já as bebidas são o ponto mais fraco, mas você está lá comendo em pé na rua, é um detalhe que nem merece muita importância.


Voltando ao principal, meu sanduíche era de porchetta com dijonese (maionese com mostarda dijon, em proporções que não agridem o paladar), fonduta de queijo e folhas verdes em uma ciabatta. Diz no site que a porchetta é servida fria, como a receita original em Roma, mas meu costume adquirido do dia-a-dia preferia que ela estivesse quente e acolhedora. Mesmo assim é u…

Frango Assado

Quando eu era mais nova viajava muito com a família para Campinas e parar no Frango Assado era obrigatório: primeiro porque a gente não podia perder a chance de comprar o pão de semolina (ou pão de Campinas, que é como a gente chama aqui em casa xD) e segundo porque é tradição levar comida para os anfitriões - e geralmente a gente comprava esse pão para eles também. É o melhor pão pra se comer na chapa e até na rabanada a gente já testou que fica foda.


Então passei muito tempo sem viajar (não sou das pessoas mais sociáveis com parentes distantes, hehe) e só pude matar a saudades porque a família resolveu ir conhecer o Outlet Premium que fica na frente do Hopi Hari (que era legalzinho, por sinal). Precisávamos forrar o estômago porque não sabíamos quando e onde almoçaríamos. O balcão estava disputado e, mesmo sendo poucas atendentes, elas deram conta do recado: veio tudo rápido e certinho.


Meu xodó, e não sei se mudou com o tempo porque tenho sentimentos por ele, é o espetinho de frang…

Loja Fruttare [temporário]

Dica do amigo que trabalha na Vila Madalena, senão nem teria ideia que a Loja Fruttare existia! Para piorar, vai existir por pouco tempo, só até o final de abril. Uma pena porque, além do lugar ser muito bonito e relaxante, o conceito é simples e sensacional!


Só existe um produto: a mistureba (ops granita) de picolé com sorbet e duas frutas. Escolha quais você quer, os dois sorvetes serão batidos no liquidificador, receba tudo em um potinho servido até o talo e seja feliz. A minha foi de picolé de limão + sorbet de frutas vermelhas + pedacinhos de kiwi e morango. Amei, dificilmente farei outra mistura quando voltar porque gostei demais desta para desapegar.
O único defeito que encontrei é o palito inútil (e que não era do picolé que foi triturado) colocado junto com a colher. Ele só serve para indicar que ali jaz um picolé e para ser jogado de um lado pro outro no potinho enquanto você come.


Se tiver de bobeira, perdido por ali, não compre paletas do outro lado da rua! Isto tem em to…

Casa Café

Estava com muita vontade de conhecer o Casa Café pelo cardápio e pelas bebidas com café mas tinha receio que fosse um ambiente de bar, já que fica aberto até tarde, perto da Rua dos Pinheiros e com uma baita variedade de bebidas e drinques. Que nada! Foi tudo muito tranquilo, nada cheio ou barulhento e fomos bem atendidos! Um moço até saiu correndo quando fui tirar uma foto do salão para não aparecer, tadinho. xD


Ainda precisava me esquentar por causa da chuva que tomei e pedi um mocha. Sempre fico com dó de desfazer esses desenhos na espuma, só que aqui era obrigatório para misturar o chocolate que estava no fundo. Muito bom, forte na medida que aguento e sem dores de estômago posteriores!


Não só a minha mas as outras escolhas de bebida também foram mui boas: o bulezinho de chá preto de qualidade que tinha 1 refil de água quente (pena que no segundo já fica meio amargo) e o chá zen, que era de camomila com melão, maracujá e mel, cuja melhor palavra para descrevê-lo foi feliz, bem lev…

The Brownie shop

Indo jantar na praça de alimentação feliz do Shopping Eldorado, vimos que no lugar do carrinho da Diletto agora está o carrinho da The Brownie Shop. Havia degustação, curtimos muito, o sabor de chocolate era bem presente sem ser enjoativo e resolvemos passar depois para levar alguns para casa.


Compramos 4, que dava um descontico de R$2, eu escolhi o de amêndoas ao invés do tradicional - e foi a pior escolha que poderia ter feito. Eles acrescentaram à massa normal uma essência xexelenta ou xarope do inferno de amêndoas que deixou o gosto de tudo terrível. Só consegui comer porque, por baixo disso, ainda dava para notar a boa intenção da receita de brownie original. Poderiam ter poupado trabalho, só terem trocado as nozes por lascas de amêndoa e ficaria tudo certo.


O tamanho do bichinho também decepcionou pelo preço. Entendo que aluguel de shopping é uma coisa de louco e tal, mas não adianta ser compreensivo e comprar algo que não vale a pena. Também fico com receio que todos os outros …

Sanduweek: Fresto

Não tive como me aventurar muito por essa edição da Sanduweek e só fui no Fresto no penúltimo dia do evento! Ele fica no mesmo lugar que era o Jaber rosa e não há uma recordação dele lá: o ambiente e decoração são bem descontraídos e a fachada é toda preta. A comida demorou um pouco para chegar (e a entrada veio depois dos sanduíches), o atendimento foi bom mas às vezes me senti um pouco largada no canto demais.


Pedimos as duas opções do evento mesmo, o Boludo (vacio argentino, gorgonzola, aioli e alface roxa no pão ciabata - R$24,90) que estaria ótimo se não viesse cheio de nervos, meu amigo nem conseguiu comer tudo porque cansou de brigar com a carne e o aioli estava tímido demais pro meu gosto; e o Pancetta (pancetta [dãã] com repolho marinado, rúcula e queijo coalho na baguete de parmesão - R$15) que estava ótimo, com a pancetta crocante e o queijo coalho junto fazendo muito sentido. Ambos tinham um tamanho muito bom e foram servidos em uma tábua de madeira que tinha seu charme.


T…

Amüse Foods

O plano original era ir ao Ó-chá, mas a party mudou, uma chuva desgranhenta me pegou no meio do caminho e só consegui chegar até o Amüse foods (e mesmo assim completamente enxarcada dos joelhos pra baixo).


Fui bem recebida por um sofá fofinho e só faltou mesmo uma bebida quente (eles até tinham chá do Gourmet Tea mas a minha vontade era de algo tipo chocolate quente com marshmallows xD). O que mais me chamou a atenção (pelo menos naquele momento) foram as tortas.

Fiquei muito interessada em uma de maçãs verde mas ela estava em falta, então TIVE que pedir a Tortinha ácida de limão (e com esse nome, como não? xD). Gostei muito, era um pouco ácida mesmo embora incapaz de matar alguém. Muito bonita e vinha com uma caldinha no prato que não sei exatamente do que era mas combinava. Só não gostei muito da massa em volta, que estava meio ressecada demais e um gosto de ovo que às vezes vinha assombrar o paladar.


Também pediram um bolo de chocolate com farinha de amêndoas e calda de frutas verm…

Urbe Café

Não resisto ao cheiro de descontos no ar e resolvi comprar pra testar o guia Dois por um, que é na verdade um livrinho de cupons do tipo "leve dois pague um". Tem alguns lugares conhecidos, outros nem tanto e para mim não há problema algum nisso. Todos valem até o final deste ano e o primeiro que usei foi o do Urbe Café.

A última vez que visitei foi quando eles tinham acabado de deixar de ser o Vanilla Café e muita coisa mudou, principalmente o cardápio, que ficou muito maior desde então, e o atendimento que é muito bacana. Fomos pelo brunch, que é servido aos finais de semana até às 15:00, e escolhemos o segundo set que tinha mais coisas porque é assim que gordo pensa.

Lá vai a lista: um suco de laranja; um capuccino (que para mim estava forte demais porque sou fracote para café, coloquei uma pá de açúcar e ainda fiquei com dor de estômago depois xD); um balde de pães (que foi difícil de matar); manteiga, cream cheese e goiabada para passar nos pães (este último nem precisa…