Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Catedral

A médica atrasou feio, eu ainda tinha coisas para resolver na região e a fome estava gritando com tudo quando encontrei o Catedral bem no meio do caminho (se não estivesse teria ido para o Jaber, hehe). Acabei também fazendo uma horinha e comendo mais do que deveria porque começou a chover. xD


Como sempre pedi uma esfiha de carne aberta (a carne era boa e a massa bem grossinha e fofa) e não resisti em experimentar o kibe recheado com coalhada (aqui a carne era um pouquito mais sem graça, a coalhada era meio fraca e na minha opinião de gente que gosta de coisa ácida poderia ter mais).


Não tem como não comparar com o Jaber, que estava a meia quadra dali. É uma boa esfiha mas ainda perde pro vizinho e o preço é o mesmo. Com uma concorrência braba dessas, eles poderiam baixar uns centavinhos no preço e terem a casa mais cheia. Ou contar com a lotação do Jaber e/ou com a chuva para fazer as pessoas pararem lá.


Ficha feliz:
Satisfação da gordinha: saiu satisfeita porém preferindo o de sempre…

Octavio Café

A melhor referência para o Octavio Café é "aquele café bonito que fica na Faria Lima" - e vou te dizer que o lugar é mui bonito, tanto por dentro quanto por fora. Apesar de ser bem grande, tivemos a impressão de pegar a última mesa vaga no meio da tarde, talvez porque havia uma mesona no meio do salão ocupada por uma família asiática gigante.


Passamos horas lá com muita facilidade, principalmente porque era difícil conseguir chamar a atenção de um atendente (tive que usar a primorosa técnica de ficar com o braço estendido e balançando no ar sem parar por uns minutos). Não sei se era por causa do tamanho do salão, o número de pessoas ou se era porque com certeza éramos os mais perrapados dali. Pelo menos, depois que conseguíamos fazer o pedido, a espera foi bem mais curta.


Começamos com as bebidas de cafés gelados onde usamos o cupom do Dois por um, que poderiam ser quentes também mas deveriam ser iguais. Escolhemos o Octavio Shake que era café com sorvete de creme, chocolat…

Receita: Matcha Creme Brulee

A chef do Cooking with the Dog faz tudo parecer tão fácil que dá vontade de testar muitas receitas dela. Por enquanto, a maioria é boa mesmo! Desta vez fiz um que ensaiei por muito tempo, primeiro porque não encontrava o ingrediente principal, depois porque fiquei com preguiça mesmo, hehe.
O bom é que a receita não rende muito, se errar o preju é menor!


Nível de dificuldade: médio, envolve fogo e forno
Porções: 4 potinhos muito pequenos, não dá para uma família

Ingredientes:
100ml de creme de leite fresco800ml de leite1/2 colher (sopa) de Matcha (chá verde foda em pó)1 colheres (sopa) de açúcar2 gemasAçúcar para a casquinhaTamanho sugerido para os ramekins: 7cm de diâmetro e/ou 70ml
Modo de preparo:
Em uma panela, aqueça o leite, o creme de leite fresco e o pó de matcha (coado), o suficiente para dissolvê-lo, mexendo com um fouet. Enquanto isso, bata as gemas e o açúcar até formar um creme claro (no video a super chef bate no braço, eu fui fazer isso e quase perdi o meu). Junte as duas par…

Feirinha Gastronômica da Magali

Fomos sábado na Feirinha Gastronômica da Magali pensando que talvez não estivesse tão cheio porque muita gente foge da cidade no feriado e rolava em um lugar não muito perto do metrô Barra Funda (era preciso pegar um ônibus, pelo menos era rápido). Que nada! Às 13 horas o evento tava bombando com filas gigantes, crianças malucas e cachorros quase pisoteados pra todo lado!


Como cheguei antes dos meus amigos, fui encarar a fila do hamburguer que não estava nada amigável (e ficou ainda pior e absurda com o passar das horas) e demorei, entre esperar para pagar e para pegar o hamburguer pessoalmente, uns 40 minutos sob um sol torrante. Era o Red Wings, com maionese trufada (que nem senti), hamburguer de fraldinha, pasta de 5 queijos (que não devia ter nem 3 e tinha a cara meio sinistra), tomate marinado (na verdade era uma fatia de tomate mesmo, eu vi as moças cortando na hora) em pão vermelho especial (que só era tingido de vermelho mesmo). Estava muito bom, pena que não foi o suficiente …

Curso rápido de Doces de Padaria da Loja Bondinho

Estava ensaiando há um tempinho em ir em um desses cursos promovidos por lojas que vendem artigos profissa de confeitaria e fui em um sobre doces de padaria da Loja Bondinho, realizado pela Rose Vitiello - que é muito bacana, super simpática, explica tudo muito bem, muito prestativa, conta muita história engraçada e ainda dá discursos motivacionais e dicas básicas de economia. Só não digo que não senti as 3 horas passarem porque as carteiras não eram muito confortáveis, fiquei um pouco torta para conseguir enxergar tudo e a dor na cervical atacou que foi uma beleza. xD


O melhor de tudo é que a aula era gratuita! Há várias desse tipo, ou que pedem uma taxa bem singela. Ótimo para muitas mulheres que querem vender docinhos por conta própria e não tem muita grana para começar ou curiosas, como eu. É muito legal ver a coisa se transformando ao vivo, podendo perguntar o que quiser na hora que quiser (bem, pelo menos a Rose era legal assim, de responder conforme ia fazendo) e principalmente…

Restaurant Week: Cabaña del assado

Eu não consigo me cansar do Restaurant Week e sempre quero tentar ir em pelo menos um restaurante. Desta vez ficou fácil quando me interessei pelo menu do Cabaña del Assado e ainda descobri que a unica unidade a participar no almoço era justamente a que ficava muito perto de casa!

Conhecia-o de passar na frente, achei estranho e quando fui para valer continuei com essa mesma impressão. Jamais imaginaria, pela fachada, que dentro havia um salão tão grande e bonito! Um bom espaço para grupos grandes (enquanto ficamos lá vimos 3 famílias inteiras comemorando aniversários). Tinha feito reserva pelo Best Table, que era integrado ao site do RW, mas nem precisava.


Fomos bem atendidos, há muitos garçons circulando pelo salão e eles tem umas frescurinhas felizes como servir os acompanhamentos, que chegam em panelinhas, na hora. Também nos deixaram bem em paz na mesa quando acabamos de comer e queríamos enrolar mais um pouquinho - acho isso ótimo!


Meu set RW foi empanada de entrada (boa, a carn…

Receita: Bolo banana tropical

Esta receita saiu do mesmo folhetinho do bolo de cenoura formigueiro, muito prático, tanto que se aproveita até as cascas da banana!

Nível de dificuldade: fácil, tenta ae
Porção: 1 bolo e tal


Ingredientes: 
4 bananas com casca e maduras4 ovos1 xícara (chá) de açúcar1 colher (sopa) de manteiga1 xícara (chá) de farinha de trigo1 colher (café) de canela em pó1 colher (sopa) de fermento em pó1/2 xícara (chá) de uvas passas pretas sem sementes (dispensei este item =P)Margarina para untar 
Modo de preparo: 
Bata as bananas, os ovos, o açúcar e a manteiga no liquidificador. Despeje em uma tigela e acrescente o restante dos ingredientes, deixando o fermento por último, mexendo com carinho usando uma espátula. Unte uma forma, despeje a massa e mande pro forno a 180ºC por mais ou menos 35 minutos.

Substitui as uvas passas por pedacinhos de chocolate (melhor decisão ever) e fiz a cobertura de chocolate, que não está na receita, do jeito mais preguiçoso possível: passando uma barra de chocolate por ci…

Chicohamburger

Fomos comemorar o aniversário de um companheiro de gordices no Chicohamburger - lugar que desconhecia completamente, de mal ouvir falar que existia, principalmente porque para mim a localização é terrível. Um dos maiores atrativos é o espaço, que abriga facilmente grupos grandes, aceita reservas tranquilamente e só enche mesmo depois de umas 8:30 da noite em um domingo. Também gostei que eles usam sistema de comandas (um papel com um número) a cada 2 ou 3 pessoas na mesa, facilitando a complicada hora de fechar a conta.


A desvantagem de um salão daquele tamanho é que os garçons não davam muita conta: era difícil chamar a atenção de um (precisava não só estar mais ou menos por perto mas também que ele olhasse na nossa direção, o que não estava ocorrendo com facilidade) e o jeito que eles anotam os pedidos é meio torto, usando um leitor de código de barras de um baita catalogo que eles precisam carregar. Com isso um dos hamburgueres que pedimos veio sem o tão esperado molho pesto (que p…

California Coffee

Não está mais nada moda, mas não resisto quando vejo um cupom interessante, principalmente quando o valor é baixo o suficiente para correr o risco em ir a um lugar completamente desconhecido e com boa localização.


Fui muito bem recebida no California Coffee, tanto pelos caras do balcão que me explicaram muito bem do que se tratavam as bebidas (e me avisaram que o Very berry que eu estava pensando em pedir era doce demais para os meros mortais) quanto pela música que tocava. Era bem variada e rolou até Apocalyptica. O.o

Escolhi um frapê de mocha clássico e estava bom, com gosto de café presente, talvez ainda doce demais pro meu paladar (imaginem se eu tivesse pego o mais doce então?). Já os salgados não me empolgaram muito, mas como tive que escolher um, peguei um integral recheado de frango que estava ok.


O pior problema mesmo é que muitas bebidas são parecidas com as do Starbucks (inclusive o copo) e tem um na mesma rua, mais próxima à Avenida Paulista. Ou seja, se eles não tiverem u…