Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Café Mocotó

Já tentei ir no Mocotó, demorei um bom tempo pra conseguir chegar no lado norte da cidade, a fila era gigante e renderia umas boas horas de espera e pro Esquina Mocotó a previsão era pior ainda porque eles fechariam antes de chegar a nossa vez! Claro que fiquei felicíssima ao saber da existência do Café Mocotó no Mercado de Pinheiros, muito mais fácil de chegar e com esquema mais dinâmico, o que faz com que você saia com alguma comida mesmo encarando uma fila chata.

Conseguimos chegar bem no começo do horário do almoço e praticamente todas as mesas do lado de fora estavam disponíveis. A fila estava bem pequena e não tive maiores problemas. Quando sai a fila já estava bem maior e muitos lugares já estavam ocupados. Mesmo que se dê o azar de chegar no horário de pico, ainda dá para comer em pé por ali em algum canto!


A maior desvantagem é o cardápio miniatura da matriz (bem como a cozinha, tanto que muita comida nem era preparada ali e provavelmente é recebida semi pronta) mas pelo meno…

Meu Udon

Eu já conhecia a fama do Meu Udon (e do moço bacana que viajou, estudou e resolveu fazer um udon de verdade no Brasil) desde quando ele ainda era Meu gohan e só abria no fim de semana em um boteco estranho na Vila Mariana. Fico muito feliz que tenha rolado esse upgrade de ambiente e ainda por cima com a facilidade de estar ao lado do Kazu que vende bolinhos gostosos como sobremesa, hehe!


Tenho a impressão que pedi a mesma coisa que da outra vez, o Bukake udon, que é o caldo básico um pouco mais forte. Continua muito bom e a massa do udon ainda é mágica, macia e feliz. Ainda pedi o kabocha de acompanhamento e um tempura de legumes.
Mesmo estando em um lugar mais caro, os preços ainda continuam excelentes e dá vontade de almoçar lá todos os dias. O menu também aumentou e definitivamente eles não se limitam mais a 60 porções por dia!


Nào preciso dizer que adoro o lugar, recomendo para quem perguntar (e quem não também) e acho que é um dos meus lugares favoritos da Libedade. Muito bom ter…

Fratelli Gelato

Neste lugar já teve um Diletto e um Brownie Shop e agora é o Fratelli Gelato. Espero que eles durem lá para sempre (ou ganhem um upgrade para um lugar maior e melhor) porque com certeza os gelatos deles são muito melhores que as opções anteriores e, como o Diletto até que ficou bastante tempo, tenho esperanças que o negócio continue indo bem!


Falando um pouco mais deles, basicamente são sensacionais e maravilhosos. Fui umas 3 vezes no período de um mês e gostei de todos os sabores que experimentei. Eles mudam as variedades toda semana, não tem como enjoar mas ao mesmo tempo você fica na agonia em saber quando o seu sabor favorito vai voltar (no meu caso, maçã. Finalmente ouviram minhas preces!!! Deu certo mesmo, sorveterias que me ignoraram!). Os sabores de fruta são como comer a fruta de um jeito mais gostoso, geralmente são meus favoritos, e o de torta de limão é ótimo para quem não pode muito com ácidos.


As massas ficam girando o tempo todo para manter sempre uma textura cremosa e…

Chá yê

Finalmente posso dizer de novo que conheço todas as casas de chá de São Paulo! E não só isso, que conheço um lugar muito bom para se tomar um chazinho e comer algo bacana para acompanhar. A Chá yê segue uma tendência mais chinesa enquanto as outras no geral se preocupam mais com a naturabelidade da coisa. Não é porque a gente gosta de chá que estamos afins de cortar o glúten e a gordura, não é mesmo?


Pedimos um oolong e um chá preto que não me lembro ao certo qual era e ambos eram muito bons! Bem preparados e de qualidade! A xícara para tomar é um pouco pequena, embora seja correta e ajude a esfriar o chá mais rápido. Pode ser um problema para bebedores ogros que estão acostumados com caneconas de meio litro (eu? Imagine!). No set vem um bule lindo, uma jarra para passar o chá depois de pronto (e assim ele não amarga por ficar tempo demais em contato com as ervas) e as duas mini xícaras. Cada bule rende umas 4 rodadas de chá e a água não demorou para ser reposta em todas as vezes.


Com…

Jojo Ramen

Todo mundo já foi; já passou pelo perrengue de esperar por 3, 4 horas; Koitani já voltou pro Japão (e parece ter levado parte da magia com ele também) e só agora tive a chance de conhecer o Jojo Ramen!

Na falta de uma, fui duas vezes, ambas durante a semana e no começo do horário da janta (umas 19 horas). Não esperamos quase nada! Os pedidos chegaram rápido e o nível de simplicidade e falta de frescura eram na medida certa. Acho ótimo comer um ramen em paz e não ser chutada pra fora como no Aska!



Na primeira vez pedi o Miso Ramen e foi amor à primeira vista (na verdade eu já tenho uma queda crônica por comidas com miso, hehe). Adorei, bom demais! A carne era maravilhosa, o caldo grossinho, bem concentrado (que poderia ser por causa da banha, mas enfim) e cheio de sabor e alho. Acabei com uma tigela bem rápido! *-*



Já que tive uma segunda chance, experimentei o Tsukemen, que é o ramen cujo molho vem à parte (provavelmente por ser mais forte). Nunca tinha comido um desse tipo e gostei b…

Comedoria Gonzales

Iniciando uma série de posts em terras brasileiras na Comedoria Gonzales, uhul!

Enrolei demais para conhecer e me arrependi por isso! O esquema lá é sem frescura, compra-se o que quer no caixa, espere chamar a senha (no grito), pegue a comida e se arranje onde puder. Recomendo que chegue cedo, mais ou menos umas 11 horas e, por mais que pareça absurdo almoçar a essa hora, conseguir comer no conforto de uma mesa foi ótimo! Há apenas poucos lugares no balcão e umas 3 ou 4 mesas dessas de cadeiras altas.


Óbvio que eu precisava pedir o Cebiche (ou ceviche? Não sei a diferença ou qual é o certo), escolhi o de peixe do dia (que não faço ideia de qual era e só sei que tinha uma textura ótima, bem fofinho, e com gosto suave) com marinada de óleo de gergelim. Amei! É muito, muito, muito gostoso e com aquela acidez na medida que me faz ser um ser humano mais feliz. Outra coisa muito mais ácida e que também curti foi o mate com (dose cavalar de) limão, que não recomendo para quem não curte e não…

Skoshbox

Propaganda no Facebook quase funcionou comigo! No meio da minha timeline apareceu um anúncio sobre assinatura de produtos japoneses aleatórios a um precinho camarada e fiquei interessadíssima! Fui procurar por reviews e descobi outro serviço, o Skoshbox, que envia doces e salgadinhos aleatórios todo mês e com frete gratuito para os Estados Unidos (que é onde estou no momento) por US$12 a caixa pequena com 5 besteirinhas. Convertendo fica um pouco pesado, mas considerando que muita coisa não é encontrada facilmente em lojas de importados, compensa. E claro que o fator surpresa me atrai muito.


Uma das coisas que me chamou muito a atenção no tal review é que eles mandam produtos realmente diferentes, às vezes beirando o bizarro (ok, essa parte eu não curto muito).
Na primeira caixa recebi um drops de Yuzu (meio azedinho e bom); umas balas brancas, que já vi parecidas no Brasil mas não sei o nome; docinhos de anpan (um tipo de pão) recheados com leite condensado (muito bom, foi meu favori…

Momofuku Noodle Bar

Quem não assistiu The Mind of a Chef, série da Netflix, e não ficou morrendo de vontade de conhecer o Momofuku Noodle Bar do chef David Chang? Tive a chance de conhecer o lugar e encontrar meus amigos do Coisos on the go, que estavam visitando New York.


A fachada é bem modesta, tanto que quase passei por ela sem perceber! O menu é super enxuto e está fixado próximo à porta para quem ainda estiver em dúvida. Não há muitos lugares disponíveis, as mesas maiores são comunitárias e não tivemos que esperar porque fomos bem no final do horário do almoço. O atendimento foi muito rápido e eficaz, sem frescuras.


Fui na primeira opção, Momofuku Ramen, que é basicamente porco em várias formas diferentes: barriga, ombro, caldo e um ovo poche no meio. Na teoria era muito lindo, tudo junto achei um pouco salgado demais. Cada item estava muito bom, só não achei que funcionou bem tudo junto. Ou talvez o caldo já estava mais salgado que deveria. Foi complicado porque eu queria muito ter gostado, tentei…

Luke's Lobster

Estávamos em Boston, já tínhamos comido bem mas ainda faltava algo que diziam ser muito bom por essas bandas: lagosta! Já tinha ouvido falar do Luke's lobster porque eles possuem filiais em muitos lugares e a especialidade deles é o Lobster roll (sanduíche de lagosta).


O lugar é muito simpático e com pouca frescura: você faz o pedido no caixa, pega sua própria bebida (e abre, há um abridor de garrafas na parede) e batatinhas fritas (formato chips, iguais as de mercado), escolhe (ou ache alguma disponível) a mesa e espera o pedido sair pronto no balcão.


A primeira impressão é que o sanduíche parecia meio pequeno, acho que sem referência as fotos da internet davam a impressão de que era muito maior. Mas não se engane, ele era realmente bem recheado de lagosta e estava muito gostoso. Muita lagosta branquinha, fofinha e fresquinha, heh! E não sai de lá com fome! Pedi o combo que vinha com sopa, escolhi a clam chowder e estava muito boa. Não sou das maiores especialistas nessa sopa, se…

Mike's pastry

Do outro lado da rua, quase em frente ao The Daily Catch, havia uma loja de doces também com muita fila chamada Mike's pastry (e que também já havia sido checada no Yelp, hehe). Demoramos mais para conseguirmos ser atendidos; por aqui não havia preferência por número de pessoas e as linhas imaginárias a serem seguidas eram um pouco bagunçadas, provavelmente tinha gente furando fila mas nem tínhamos como perceber.


Outro problema causado pela lotação é que não conseguíamos ver as vitrines e saber o que poderíamos comprar (e eles também não tinham um menu, em nenhum lugar e de nenhum jeito). Então escolhemos pelo o que conseguimos ver ou perguntando para a atendente na hora. Para nossa profunda tristeza, todos os croissants rechados estavam esgotados. :(


Não podemos dizer que isso nos abalou por muito tempo porque compramos muitas outras coisas gostosas! O primeiro, e meu favorito deles, foi o canoli de ricota (optamos pelo recheio clássico mas eles tinham uma variedade bestamente gr…

The Daily Catch

Estou numa vibe bem viajadeira e passei um fim de semana praticamente bate-e-volta em Boston. Tem muita coisa bacana para se fazer na cidade e, é claro, fui pesquisar sobre lugares bacanudos para se comer.

North End é o canto da cidade com restaurantes italianos muito gostosos e com preços mais em conta (a maioria deles só aceita dinheiro). As ruas são tão estreitas que em algumas não passam carro ou, se passarem, vão ter que encarar um trânsito terrível! Olhando os reviews no Yelp, escolhi um lugar com frutos do mar que também fazia sushis. Infelizmente, quando chegamos lá, o lugar estava fechado por causa de um pequeno incêndio que havia ocorrido poucos dias antes. =(

Então fomos almoçar na minha segunda opção, o The Daily Catch. Aparentemente ele era a primeira opção de muita gente e a fila tinha um tamanho respeitoso e ritmo desanimador. O lugar é muito pequeno, com poucas mesas e mesmo assim às vezes o pessoal precisa dividi-las com desconhecidos. Nossa sorte foi que estávamos só …

思慕昔 Smoothie House

Queria experimentar uma dessas super raspadinhas desde o primeiro dia de viagem! A definição é um pouco fuleira, mas é o jeito que a gente conhece melhor: muito gelo raspado com frutas, caldas e às vezes sorvete. Sim, não era só um montinho em um copo descartável, era uma montanha gelada, cheia de outras coisas que precisava ser dividida com pelo menos mais uma pessoa!

Parece que este lugar é o mais popular / foda, fica perto da estação Dongmen de metrô e a fila era incrível. Encontrar lugar para sentar então, pior ainda! Por isso infelizmente não tenho fotos do lugar.

O mais tradicional é o de manga (as de lá são bem docinhas) mas pedimos um de morango, com sorvete de morango, leite condensado e frutas, Muuuito gostoso e refrescante, não tem como alguém não gostar.


Só para completar a festa, a rua era cheia de lojas de comidinhas e queria ter tido tempo (e espaço no estômago) para experimentar mais coisas dali.


Ficha feliz:
Satisfação da gordinha: saiu com a boca gelada e feliz Unidad…

天仁茗茶 - TenRen's Tea

Todos os chás que tomei, sem exceção, eram de qualidade e muito bons em Taiwan. Lá o pessoal leva a coisa a sério, o Oolong é o melhor do mundo e até no quarto do hotel da praia, onde teoricamente é quente demais para se tomar um, havia chaleira elétrica, xícaras e saquinhos de chá nos quartos!


O TenRen serve tanto os Poba Tea (ou Boba, ou Bubble tea) por uma abertura na fachada quanto chás mais classudos dentro da loja. Eram caro demais pro meu gosto e o moço não curtiu muito que eu tirei essas fotos, mas quando eu respondi em inglês ele percebeu que eu era uma gringa perdida e deixou quieto, haha.


Não consegui tirar uma foto simplesmente porque me esqueci completamente desse detalhe, mas o Poba tea deles era muito bom. Ainda não gosto muito das bolinhas, acho que elas estão lá mais para estufar meu estômago, mas o chá em si, docinho e com um toque de leite, poderia ser bebido de litros. Não curto o jeito inglês de juntar o leite e o chá, porém em Taiwan eles sabem fazer isso muito b…

鼎泰豐 - Din Tai Fung

Não conseguimos subir no Taipei 101, mas fomos em um dos restaurantes mais famosos da cidade que fica na base dele, o Din Tai Fung. O lugar tem 1 estrela Michelin e filas lazarentas de espera em todas as filiais espalhadas pelo mundo. Isso tudo porque eles servem os dumplings (gyozas, shumais e afins) mais bem feitos do universo! É impressionante assistir o processo, tem até um número certo de dobras necessárias para fechar os bolinhos.


Estávamos em um grupo grande e deixamos o pessoal entendido fazer o pedido por nós. O serviço é muito bom, tudo chegou bem rápido e bonito, em cestos de bambu. Eles também preparam o molho para passar os bolinhos no seu prato na hora. A especialidade deles é o soup dumpling, que é o bolinho que também tem sopa no recheio. Descobri isso tarde demais e babei muito na hora, hehe.


Achei tudo muito gostoso, muito bem feito, recheado, temperado, realizado e tudo mais. Definitivamente os bolinhos mais bonitos que já comi! Também gostei muito do arroz frito e …