Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

Comedoria Gonzales

Iniciando uma série de posts em terras brasileiras na Comedoria Gonzales, uhul!

Enrolei demais para conhecer e me arrependi por isso! O esquema lá é sem frescura, compra-se o que quer no caixa, espere chamar a senha (no grito), pegue a comida e se arranje onde puder. Recomendo que chegue cedo, mais ou menos umas 11 horas e, por mais que pareça absurdo almoçar a essa hora, conseguir comer no conforto de uma mesa foi ótimo! Há apenas poucos lugares no balcão e umas 3 ou 4 mesas dessas de cadeiras altas.


Óbvio que eu precisava pedir o Cebiche (ou ceviche? Não sei a diferença ou qual é o certo), escolhi o de peixe do dia (que não faço ideia de qual era e só sei que tinha uma textura ótima, bem fofinho, e com gosto suave) com marinada de óleo de gergelim. Amei! É muito, muito, muito gostoso e com aquela acidez na medida que me faz ser um ser humano mais feliz. Outra coisa muito mais ácida e que também curti foi o mate com (dose cavalar de) limão, que não recomendo para quem não curte e não…